h1

Previsões Oscar 2011 #8 – Resolução | Volta

11/04/2011

A primeira parte do post é exclusivamente referente ao resultado (medíocre) das minhas previsões do Oscar. E a segunda explicará, em poucas palavras, porque demorei tanto para escrever aqui novamente.

1ª parte:

Os acertos estão como no post anterior, já os erros estão riscados, com o vencedor ao lado.

Melhor Filme

  • O Discurso do Rei

Melhor Direção

  • O Discurso do Rei (Tom Hooper)

Melhor Ator

  • O Discurso do Rei (Colin Firth)

Melhor Atriz

  • Cisne Negro (Natalie Portman)

Melhor Ator Coadjuvante

  • O Discurso do Rei (Geoffrey Rush) | O Vencedor (Christian Bale)

Apontei as chances de Bale.

Melhor Atriz Coadjuvante

  • O Vencedor (Melissa Leo)

Melhor Roteiro Original

  • O Discurso do Rei

Melhor Roteiro Adaptado

  • A Rede Social

Melhor Montagem

  • A Rede Social

Melhor Fotografia

  • Bravura Indômita | A Origem

Melhor Direção de Arte

  • Alice no País das Maravilhas

Melhor Figurino

  • O Discurso do Rei | Alice no País das Maravilhas

Apontei as chances de Alice.

Melhor Trilha Sonora

  • O Discurso do Rei | A Rede Social

Melhor Canção

  • Country Strong (“Coming Home”) | Toy Story 3 (“We Belong Together”)

Melhor Maquiagem

  • Minha Versão Para o Amor | O Lobisomem

Melhor Mixagem de Som

  • A Origem

Melhor Edição de Som

  • A Origem

Melhores Efeitos Visuais

  • A Origem

Melhor Animação

  • Toy Story 3

Melhor Documentário

  • Inside Job

Melhor Filme em Língua Não-Inglesa

  • Biutiful | Em um  Mundo Melhor

Acertei 14 entre 21 categorias. Nunca saio dessa média. Eu não vi a premiação. Estava viajando, e mesmo se não estivesse, não veria. Ainda não engoli a não-indicação de A Origem em Montagem, bem como de Christopher Nolan como Diretor. Ridículo. Ao menos me contentei em ver Bravura Indômita sair de mãos abanando: 10 indicações e nenhuma vitória.

2ª parte:

Eu fiquei ausente do blog por vários motivos diferentes:

  • Até dia 15 de fevereiro eu estava vendo muito mais filmes do que era capaz de acompanhar criticando aqui;
  • Viajei para o Peru na segunda metade de fevereiro, passando uma semana lá;
  • Um dia depois de voltar do Peru, fui passar uma semana na Serra, em Cambará do Sul;
  • Meio mês sem Internet e sem cinema foi o suficiente para acalmar minhas ambições cinéfilas, e perdi aquela fome por filmes;
  • Tudo isso misturado com uma namorada maravilhosa que espero durar ad eternum, e deixei o Fakeline de lado;
  • A cereja do bolo: além de criar um site com a máfia cinéfila amiga, o Fila K, também fui convidado para escrever no Very Much Alive, e compor o júri do Cinebulição. Ou seja, eu tinha muita coisa na cabeça. Teria que escrever demais, e não dei conta, me afastei de tudo.

Enfim, era isso. Tive de recusar o convite do Luiz para entrar no Cinebulição – na verdade, nem tive tempo de dizer um “não” sincero e educado. apenas sumi do mapa. Ainda não contribuí com o Very Much Alive, mas pretendo fazer alguma coisa – me sinto horrível em ter sido convidado para integrar o site, aceitado o convite, e não ter feito nada ainda. E finalmente, os convido a conhecer o Fila K, onde há material crítico de várias pessoas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: