h1

Melhores da Década (pfff)

30/12/2010

Gente linda, surgiu no Twitter a ideia inatingível e utópica de fazer uma lista dos Melhores Filmes da Década. Fazer listas de ‘melhores qualquer coisa’ é uma atividade divertida, porém igualmente dolorosa, e logo um ato masoquista da parte de quem se dispuser a tal coisa. Mas é válido, nem que para exclusivo deleite do autor da lista ver seus preferidos sendo lembrados ao menos uma vez – com o ato em questão refletindo unicamente a exaltação do ego da pessoa, uma vez que ele/a está feliz por uma ação que engrandece apenas ele mesmo. O que, evidente, faz muito bem para o ego, e deve ser feito.

Assim, vou citar aqueles filmes que eu gostaria de ver em uma lista [mega aspas] definitiva [mega aspas] de ‘Melhores Filmes da Década’. E vale lembrar pela incontável vez que é uma lista MINHA: absolutamente arbitrária, parcial, particular, instável, e incontestavelmente minha.

Combinamos em eleger 11 melhores filmes:

  1. O Grande Truque (EUA, 2006)
  2. Spirit: O Corcel Indomável (EUA, 2003)
  3. Cidade dos Sonhos (EUA, 2001)
  4. Ventos da Liberdade (Irlanda, 2006)
  5. Batman: O Cavaleiro das Trevas (EUA, 2008)
  6. Ensaio Sobre a Cegueira (Brasil/EUA, 2008)
  7. Munique (EUA, 2005)
  8. A Origem (EUA, 2010)
  9. Avatar (EUA, 2009)
  10. Senhor dos Anéis (EUA/Nova Zelândia, 2001-3)
  11. Réquiem Para Um Sonho (EUA, 2002)

Eu fui até 23:

  1. Apenas Uma Vez (Irlanda, 2006)
  2. Dogville (Dinamarca, 2003)
  3. Cidade de Deus (Brasil, 2002)
  4. Tropa de Elite 2 (Brasil, 2010)
  5. Amor Extremo (Inglaterra, 2008)
  6. Bobby (EUA, 2006)
  7. Entre os Muros da Escola (França 2008)
  8. Desejo e Reparação (Inglaterra, 2007)
  9. Intrigas de Estado (EUA, 2009)
  10. O Escafandro e a Borboleta (França, 2007)
  11. Diamante de Sangue (EUA, 2007)
  12. Zodíaco (EUA, 2007)

Antes das pedradas, vou advogar em minha defesa. 1) Virei cinéfilo ativo somente em 2007; 2) só passei a mergulhar nos filmes mais obscuros em 2009 (com obscuros, leia-se: não-produzidos em Hollywood e, portanto, com lançamento mais limitado); 3) tenho uma queda por thrillers; 4) tenho uma queda pelo Christopher Nolan. 5) tem muito filme bom que não vi ainda; 6) E tem muito filme, no geral, da primeira metade da década, que eu não vi ainda.

Então, enfim, era isso.

Update: “Puta que pariu”, pensei. Amem (Alemanha/França/Romênia, 2002), do genial Costa-Gavras definitivamente não pode ficar de fora de uma lista de melhores filmes da década. Se tivesse que colocá-lo na lista acima, ocuparia o 4º lugar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: